Feeds:
Posts
Comentários

No dia 18/05, tem início a 13ª Semana Nacional de Museus, e como de costume, o Museu Alexandre Chitto estará participando das ações. Com o tema: “Museus para uma sociedade sustentável”, o MAC irá promover uma exposição com os objetos de seu acervo e que tenham ligação com o tema proposto, além da palestra (realizada diariamente às 08h30 e 14h30): “Sustentabilidade em Lençóis Paulista: história das questões ambientais e ações sustentáveis da atualidade”, com com Helton Damacena (Diretoria de Meio Ambiente). A semana vai até o dia 24 de maio de 2015.


Para informações e agendamentos, (14) 3264-1442 ou pelo Facebook.

13 Semana Nacional de Museus

 

Durante as comemorações dos 101 anos da escola Esperança de Oliveira, os alunos visitaram o Museu Alexandre Chitto, onde assistiram um filme sobre a vida de seu patrono, Alexandre Chitto,viram a Exposição Lençóis Paulista VIVA!, conheceram o acervo do Museu e aprenderam um pouco mais sobre a escola que estudam. Confira algumas fotos:

IMG_0746

IMG_0753

IMG_0829

IMG_0863

IMG_0928

IMG_1018

IMG_1139

IMG_1136

IMG_0833 IMG_1045

No dia 16 de março, o Museu Alexandre Chitto sediou a reunião da Região Administrativa (região de Bauru) dos dirigentes de Museus.

 

Na foto:

Luiza Barbosa (Bauru), Orlando Alves (Bauru), Inês Joner (BMOL – Lençóis Paulista), Juliana Perico (Macatuba), Anna Carolina (Pederneiras), Cristiane Oliveira (Macatuba) e Conceição Langone (MAC – Lençóis Paulista).

IMG_0678

Meda é natural de Cremona (Itália), escritor, pesquisador e professor da “Universitá Degli Studi Di Macerata”.
Reside em Florença. Veio ao Brasil participar de um Congresso Internacional de Pesquisa Auto-Biográfico (CIPA) , no Rio de Janeiro e também num ciclo de Conferências em Campinas.
Aproveitou a ocasião para visitar Lençóis Paulista, terra onde nasceu em 1896, sua bisavó Carolina Chitto e conhecer suas primas Therezinha e Meiry Chitto.
Sempre acompanhado do Diretor de Cultura Nilceu Bernardo e de seu assumido intérprete Prof. Douglas Coneglian, teve a oportunidade de apreciar vários lugares turísticos e culturais.
Caminhando pela Rocinha, lugar onde nasceu Carolina, muito se emocionou principalmente quando num ato já planejado, recolheu “terra roxa” para depositar no jazigo de sua bisavó, em Ísola Dovarese (It).
Ele estava aí, nesse pequeno local, onde num passado bem distante originaram suas raizes.

 


O Museu Alexandre Chitto também foi anfitrião

Juri Meda fez uma palestra numa das salas do Museu Alexandre Chitto, com afluência de um público grande e interessado, assistido pelos descendentes de imigrantes italianos.
Divulgou seus dois livros publicados nas oficinas de Cremona (It), deixando-os à disposição dos leitores.
Atraiu a atenção de todos quando houve a troca do Brasão de Lençóis Paulista pela prefeita Izabel Cristina Campanari Lorenzetti, com o Brasão de Ísola Dovarese enviado pelo prefeio Gianpaolo Gansi.
Grandes aplausos foram ouvidoa.
O objetivo foi tornar-se um intercâmbio, um bom entrosamento, entre lençoenses e isolanos. A proposta então foi esta: abrir um caminho promissor entre essas duas cidades separadas “apenas” por um oceano.
Juri durante seus passeios e suas “descobertas” nunca escondeu suas emoções.
Prometeu brevemente voltar a Lençois porque amou esta terra e quando bebeu a água da Biquinha orgulhoso disse: Aqui tornei-me um verdadeiro lençoense.

(Texto de Therezinha e Meiry Chitto, suas primas)


Confira alguns momentos de Juri em Lençóis Paulista:

DSC06850

Juri Meda entre suas primas Meiry e Therezinha Chitto

DSC06873

DSC06881

DSC06915

DSC06920

DSC06923

DSC06925

DSC06926

DSC06953

DSC06956

DSC06960

 

Meda com seu intérprete, professor Douglas Coneglian

Meda com seu intérprete, professor Douglas Coneglian

 

DSC06972

Juri levou para a Itália um pouco da terra do sítio da Rocinha

O Museu Alexandre Chitto realizou na última quarta-feira, dia 23 de julho, às 20h, sua tradicional Festa Julina. Como nos 5 anos anteriores, contou com o apoio do sanfoneiro Emílio Campanholi e seu conjunto. Abaixo, confira algumas fotos de como foi o evento:

IMG_0909

IMG_0924

IMG_0929

IMG_0938

IMG_0944

IMG_0946

IMG_0947

IMG_0956

A Tradicional festa julina do Museu Alexandre Chitto chega à sua sexta edição neste ano, que será realizada no dia 23 de julho, no Pátio do Museu, a partir das 20h. A animação da festa fica por conta do sanfoneiro Emílio Campanholi e seu conjunto, tocando as mais belas músicas tradicionais caipira. A festa é gratuita e aberta à toda população, mais informações pelo telefone: (14) 3264-1442.

 

Festa Julina Museu

%d blogueiros gostam disto: